JORNALISTA JORGE CASTRO

Início » Uncategorized » KANT OU SPINOZZA?-O PRINCÍPIO DA ÉTICA

KANT OU SPINOZZA?-O PRINCÍPIO DA ÉTICA

     De acordo com Kant, filósofo alemão, os indivíduos de uma sociedade exercem a liberdade em sua plenitude. Os conhecimentos individuais não são conceitos de coisas e sim intuições que nos acompanham desde a formação biológica (processo de maturação e percepção dos seres). Quando exterioramos estes conhecimentos, numa relação com o mundo, evidenciamos o principio da lei moral, cuja intencionalidade da atitude (aplicação da lei-moral), determina o conjunto das leis universais. A ética é a aplicação do conjunto das leis morais da sociedade. Por exemplo, quando não roubamos alguém porque isto vai contra nossa índole ou nossos princípios,  e ainda nos faz mal, aplicamos o conceito de moral que possuímos intimamente. O nosso conhecimento, a priori, não nos permite tal atitude. Assim, quando tal fato ocorre e há uma punição, o principio ético está sendo aplicado.

     Segundo Spinozza, o homem, por não ser plenoconsciente, porque não é plenolivre, não pode ser completamente responsabilizado pelos seus atos. Todos os indivíduos são iguais independente dos seus atos serem benéficos ou não. A ética nasce da vontade, da razão e da inteligência dos indivíduos. O homem não é totalmente livre, se o fosse, seria o próprio Deus, nós os humanos, somos parte do macrocosmo com as imperfeições relativas às nossas individualidades.

Jorge Castro

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: